30/04/2015

Ça m´enerve

Adoro descobrir "lojas" que vendam produtos de criança no Facebook.
Existem verdadeiras obras de arte à disposição de qualquer mãe ou pré-mamã.
Só não compreendo a dificuldade das pessoas solicitarem informações por mensagem privada ou email.
Custa-me ver posts em que vejo uns quinze ou vinte pedidos tipo "Preço?", em que a artesã é "obrigada" a responder para as interessadas enviarem mensagem privada ou email a solicitar informações.

É assim tão difícil?

2 comentários:

  1. Difícil parece ser a colocação do preço da peça no post. Se houvesse essa clareza, ninguém tinha de perguntar o preço e, por consequência, as pessoas não tinham de pedir para enviar mensagem ... :).

    No entanto, já se sabe que isso não acontece,porque as pessoas possuem um negócio por "baixo da mesa" e querem fugir aos impostos. Isso sim, é que me enerva.... :).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo:

      Nem todos os casos são iguais, mas percebo. Existem materiais que podem oscilar no preço de venda e encarecer a peça consoante o mês do ano.

      Eliminar

Bring it on!