04/03/2015

Egas e Becas o vosso desejo é uma realidade





Alguém se lembra de um "sketch" da Rua Sésamo em que o Egas e o Becas fingiam ser árvores para os os pássaros pousarem neles? Não? Eu lembro. Infelizmente o Youtube não tem o vídeo que me permite avivar as memórias mais esquecidas.
Hoje estava a passar os olhos pelas notícias do dia e deparei-me com este título: "Adeus caixões! Cápsula orgânica transforma pessoas falecidas em árvores." Oi? Como é?
Desenvolvido pelos designers Anna Citelli e Raoul Bretzel, o projecto consiste numa cápsula orgânica e biodegradável que é capaz de transformar um corpo no estado de decomposição em nutrientes para uma árvore.
Primeiro, o corpo do falecido é colocado dentro da cápsula e depois enterrado. Depois é plantado uma árvore ou uma semente por cima para aproveitar a matéria orgânica.
Mas atenção, o projecto, sendo algo que desafia séculos de tradição ainda não foi colocado em prática e o país onde reside o projecto, Itália, tem leis muito restritas no que toca a enterros.
Fico com algumas questões na minha cabeça:

1. Podemos escolher o sítio onde vamos ser enterrados?
2. Podemos escolher o tipo de árvore antes de morrer?
3. Os meus parentes podem ficar perto de mim?
4. Existem locais proibidos?
5. Quem me garante que não sou cortada para fazer resmas de papel?
6. Quem garante a manutenção da árvore? Limpeza, tratamento anti-pragas? Quem paga isto, os meus descendentes?
7. Quem faz as exéquias fúnebres antes da transformação em árvores? No meu caso, sou católica praticante.

Se tiverem curiosidade vejam este link.
 

1 comentário:

Bring it on!