22/01/2015

Desejos de infância



Na alturas da gravidez apetecem-me coisas um pouco estranhas. 
Nos primeiros meses da pipoca mais velha só queria comer framboesas e sopa de tomate, também era a única coisa que conseguia comer pois passei o primeiro trimestre abraçada à sanita a chamar o "gregório".
A segunda gravidez, vá lá, os enjoos são alguns, mas os vómitos nem por isso. Os desejos, bom, apetece-me comer coisas que já não como desde criança. O mal disto, é que existem produtos que consigo comprar.
Existe um chocolate que não consigo encontrar a imagem e só me recordo que era arroz tufado coberto de chocolate. Não era o Toffee Crisp, mas o rótulo era branco e vermelho. Alguém se lembra?
A minha mãe comprava as Tuchas e as Joaninhas, às resmas por causa das ofertas dos pirex, que segundo ela nunca eram demais na cozinha de uma mulher e estavam sempre escondidas nos cantos mais recônditos dos armários.
Os Cake bar acompanhavam-me na mochila da escola, era uma boa forma de socializar com os colegas, para trocar as figuras que vinham dentro dos bolos. Eu cheguei a coleccionar os da Mafalda, dos Thundercats e do He-Man.
Eu adorava beber uma Orangina nos nossos almoços de Domingo entre o Café Santos que ainda fica atrás da casa da minha mãe ou o Sr. António que hoje é a loja do filho dele, a famosa "Bana".
A Green Sands tinhamos de a beber às escondidas da minha mãe que pensava que aquilo tinha álcool, pelo menos eu ia ao bar da A.D.O. que na altura ficava em frente ao quartel dos Bombeiros de Oeiras  (Palácio do Egypto) e pedia ao Sr. Lemo uma garrafinha para acompanhar o lanche.
O Popsi foi o meu gelado preferido de sempre e tenho tanta pena que a Olá o tenha deixado de fabricar, eu sou doida por gelado de banana. O mais parecido que encontrei foi o da Ben&Jerry's mas não é a mesma coisa.
E vocês? Quais são os vossos sabores de infância?



Sem comentários:

Enviar um comentário

Bring it on!