10/12/2009

Foi em Novembro que partiste... Foi em Dezembro que te conheci


Ontem foi o lançamento do livro do Hugo Roque, na livraria Trama.
Só "conhecia" o Hugo através da sua escrita na blogoesfera e das vezes em que ouvia a minha amiga falar nele com um entusiasmo enorme.
A outra surpresa da noite, foi o Pedro Paixão, que me assinou os dois de muitos seus livros, que soube identificar o meu nome de uma forma correcta, não associando à última de Espanha.
Soube embalar a pequena e intimista platéia com o exagero q.b. na forma de falar e proclamar os textos do seu boxeur preferido.
Hoje agradeci-lhe, de uma forma simples, sem expectactiva de troco à mensagem, apenas como mais uma das ovelhas que lhe agradeciam e que ele fez questão de ontem mencionar.
A forma de retribuição - no minuto em que falava dele a uma velha amiga - foi um e-mail com um bónus de cinco pequenos extases de genialidade que só o Pedro sabe fazer.

6 comentários:

  1. Que pena não ter ido... para a próxima lá estarei... mas o livro ninguem me impede de ler ;)

    Um beijinho
    Eduarda
    Be ♥ in love (I know you are ;))

    ResponderEliminar
  2. De repente pensei que alguém andava com o calendário ao contrário, mas isso sou eu que sou um inculto de primeira.

    ResponderEliminar
  3. O Pedro é uma Pedra! Profundo, contraditório, demencial e sensiível. O meu escritor preferido e mais recente amigo. Milagres que nos acontecem...

    bisou*

    ResponderEliminar
  4. Fiquei com vontade de ler.

    Estás me a obrigar a ir amanha a alguma livraria... lol

    Beijo e Boa Semana!

    ResponderEliminar
  5. Pedro Paixão desperta os sentidos, em especial das mulheres! Parabéns ao Hugo pelo livro!

    Beijos e abraços!!!

    ResponderEliminar

Bring it on!